O que aconteceu com Sangue Traído e com a Editora Arwen?

Olá!

Irei falar aqui de um assunto delicado. Como citei no post anterior, aconteceram alguns problemas que me impediram de continuar na Editora Arwen e vim aqui explicar exatamente o que causou tudo isso.

Sangue Traído foi lançado em outubro de 2017. Desde agosto do mesmo ano, o pessoal da editora começou a ficar um tempo desaparecido; demoravam muito a responder os e-mails e não atendiam o telefone. Sempre que eram questionados sobre isso, davam uma justificativa diferente. Até aí, não achei tão estranho, porque as justificativas eram, de fato, boas. Mas depois de um tempo comecei a perceber que havia algo errado e tentei cobrar mais da editora. Conversei com outros autores e percebi que todos estavam achando tudo aquilo muito estranho também.

No mês de Dezembro, quase que sentindo o que iria acontecer, solicitei a rescisão contratual, ou seja, a anulação do contrato, pois eu já não estava mais aguentando. As coisas foram apenas piorando, até que a editora desapareceu de vez, deixando a mim e a todos os outros autores vendo navios.

Como eu havia solicitado a rescisão do contrato, os direitos de publicação de Sangue Traído não pertencem mais à Arwen e, infelizmente, o livro não está mais à venda pela internet. Ainda tenho alguns exemplares comigo e, caso alguém deseje comprar, precisa vir até mim.

Porém, com a publicação de Verdade Iminente pela Constelação, pretendemos, talvez ainda esse ano, publicar a segunda edição de Sangue Traído, para que a trilogia seja publicada por uma só editora e todos possam ler a história completa.

Que fique claro que minha intenção nesse post não é difamar a imagem do Grupo Editorial Arwen ou sua equipe; é apenas expor uma realidade que aconteceu comigo e com todos os autores que tinham contrato firmado com a empresa.

Graças a Deus, solicitei rescisão a tempo, mas aqueles que não conseguiram fazer isso ainda estão presos a uma editora que hoje não existe mais. A Arwen estava em crescimento exponencial no mercado literário brasileiro e, do nada, decaiu à ruína total.

Tudo isso é apenas um mero resumo, a história completa é bem mais detalhada, mas não me convém contar aqui. Espero apenas que nenhum outro autor precise passar por tudo o que nós, autores da Arwen, passamos, independentemente da editora.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s